19/09/17

...



(ora bem, em 1995 eu ainda não tinha telemóvel... apesar do anúncio ser delicioso, não era o suficiente para desgraçar a mesada de uma universitária, mas, anos depois, o meu primeiro tijolo telefónico foi da telecel.)

13/09/17

...

a hortênsia deu luta, ainda teve direito a uma folhinha bem verde... mas não resistiu, pobrezinha:

tendo eu ficado com um vaso enorme sem serventia, resolvi dedicar-me às pimentinhas:


daqui por umas semanas espero ter uma encantadora plantação. 


12/09/17

...

artur pediu-me para, pelo menos por uma vez, escrever o nome dele com letra maiúscula, portanto: ARTUR!
espero que fique satisfeito. já tem tanto tempo que eu não lhe relato as aventuras... deve estar a sentir-se um pouco negligenciado.

11/09/17

...

e assim se explica o meu estado de hoje... ali na fronteira entre um ataque de nervos e adormecer repentina e inexplicavelmente.

10/09/17

...

estaline implementou planos quinquenais... já eu, que não tenho ambições a chegar a líder de nenhuma grande potência*, tenho planos por etapas, aleatórias e bastante elásticas.
...
...
no fim, tudo vai dar certo. e, pelo caminho, uma rapariga sempre se diverte.


*especialmente porque acho que não me vão pedir com jeitinho para aceitar missões dessa natureza. por uma incrível falta de visão, obviamente.

09/09/17

...

coisas que me fazem sentir bem, depois de meses de sandálias e indisposta com o calor: calçar os ténis, vestir um casaco de malha e ir buscar uma écharpe a combinar.
estes primeiros dias de ameaça outonal são retemperadores.